Dica rápida para 2016… que você pode começar ainda em 2015!

PARE DE ACOMPANHAR JORNAIS E NOTÍCIAS!

Já faço isso a bom tempo. É muito raro eu abrir um site de jornal ou noticias ou pegar/comprar um.

Ver jornais na TV? Raras vezes quando estou visitando alguém e a TV está ligada e acabo escutando algo.

Em casa nem mais TV tenho (aberta ou a cabo). Por sinal, foi uma das melhores coisas que fiz em 2015. (Outra hora conto sobre isso.)

Mas… mas… Como você se informa? Como fica sabendo das coisas?

Não fico. Simples assim.
Uso meu tempo para pesquisar e ler sobre coisas que tenho interesse e não fico preso ao que o “jornal” me entrega.
Vez ou outra que vejo algum assunto muito comentado no twitter e caso queira saber mais vou lá e pesquiso eu mesmo.
Vejo “as noticias” do que tenho interesse apenas.

Sinto falta?

Não.  Até agora não senti falta nenhuma. “Tô de boas.”

Mas por quê?

Porque sim! Oras! Aqui 3 motivos:

  • Ganha tempo para coisas mais interessantes.
  • Evita negatividade (maioria das noticias são negativas: morte, desastres, violência, crise…)
  • Evita propagandas e mensagem de consumismo.

Tenta ai! Congele sua assinatura de jornal por um tempo. Bloqueie os sites de noticias no seu browser. Desconecte sua antena da TV. Deixe só o Netflix e/ou youtube.

Passe 1 mês ou 2 ou 3 meses sem ver/ler jornais e veja como você se sente.

Anúncios
Dica rápida para 2016… que você pode começar ainda em 2015!

Ganhe tempo assistindo vídeos

Uma dica rápida para comemorar o novo tema do blog que está mais simples e limpo.

Quando achei/descobri essa dica (Não lembro. Faz tempo!) confesso que mudou o meu mundo.

Alguns já conhecem essa dica, outros não. Vamos lá:

Assista seus vídeos em modo acelerado. Sim. Acelere o vídeo.

Não filmes, séries, etc., mas aquela vídeo aula que você comprou. Aquele treinamento que você achou no youtube, entre outros. Não precisa ser vídeo. Pode ser áudio também. Aquele podcast que você escuta de vez em quando por exemplo, pode aplicar essa dica.

Se você reparar, esses vídeos/áudios geralmente tem falas calmas, pausadas, são bem tranquilo. Isso demora!!!

Acelere o vídeo até uma velocidade que você consiga acompanhar tranquilamente e que não perca conteúdo.

Use 1,5 vezes mais rápido ou 2 vezes mais rápido. Maioria dos meus vídeos eu uso 1,5x mais rápido, raros casos uso 2x.

Ou seja, em um vídeo de 60 minutos originais. Assistindo a 1,5x mais rápido termino ele em 40 minutos. Sem perder conteúdo. Ganho 20 minutos para outras atividades.

Todo os bons players (VLC, MPC, Windows Media Player, etc.) têm essa funcionalidade. Utilize ela para ver seus vídeos no computador.

Online também dá! Youtube (no browser) também tem (clica na engrenagem e vai na opção de velocidade)

Vimeo tem o plug-in para o Chrome “Video Speed Controller” que o Paulo Ribeiro me mostrou. Obrigado Paulo!

Se não conhecia a dica, agora sabe! Aproveite!!

Ah! Se você souber de algum plugin para acelerar vídeos do ted.com, por favor me avise ai nos comentários!

Ganhe tempo assistindo vídeos

Não leia este texto

Esse ano lendo alguns textos sobre PNL, de vez em quando caia em textos falando da palavra “não”. Em resumo: nosso cérebro não processa a palavra “não”. Ele não reconhece, não entende.

Exemplo:

  • Não pense numa casa verde.
  • Pense numa casa verde.

É muito provável que nas duas frases você pensou em uma casa verde. A palavra não por si só não diz nada ao cérebro, então ele ignora e faz o que vem depois. Outras palavras de sentido negativo tem o mesmo efeito: nunca, evite, …

Pensar na linguagem negativa é algo comum que fazemos. “Não vou pensar mais nisso”, “Não posso esquecer de ….”, “Nunca mais vou beber desse jeito.” são alguns exemplos. Tendemos a compor frases de forma negativa com sentimentos, situações, tarefas, etc. que não gostamos ou queremos evitar.

Na PNL dizem que o uso de uma linguagem negativa provoca o comportamento que se quer evitar. Frases afirmativas são muito mais eficazes para o cérebro entender e processar. Ou seja: diga o que deve ser feito.

Os vários SIM e NÃO que falamos durante o dia têm uma enorme capacidade de nos influenciar. Em vez de dizer o que não queremos, devemos dizer o que queremos.

Diz a lenda que com frases afirmativas reorientamos nosso cérebro focalizando coisas positivas e com isso conseguimos um número maior de realizações.

Então vamos tentar: pra começar, em clima de final de ano, pegue a sua lista de resoluções de ano novo e veja quais frases estão na forma negativa e transforme elas em positivas. Depois se policie durante o dia e transforme suas frases negativas em positivas. Por fim, pegue sua lista do que não fazer, e ajuste suas atividades para a frase ficar na forma positiva.

Daqui um tempo volte aqui nos comentários e conte os resultados.

Não leia este texto