coaching – que tal ter seu treinador?

coaching-desenhoDesde que descobri que isto existia a alguns anos me interessei por isso. Mas… como outras coisas que tinha interesse, só tinha interesse, nunca fui atrás pra conhecer, aprender, etc.

Ano passado entrei no curso A Classe Alta, um coaching financeiro da Arata Academy. Gostei e pelo nível de qualidade apresentado, apostei em outro curso, também da Arata Acadamey, de coaching para empreendedorismo digital.

E eis que este ano de fim do mundo, 2012, eu resolvo ir atrás de meu interesse e começar a estudar esse tal de coaching.

O que é coaching?

Coaching é um processo de desenvolvimento de pessoas. Uma ferramenta que dá suporte a mudanças. Se utiliza de reflexão, construção, evolução e transformação e com isto conduz a pessoa a sair de sua zona de conforto, potencializar suas capacidades e atingir seus objetivos e desejos em diversas áreas.

O processo de coaching é resultado várias pesquisas e aplicações de conceitos de diversas áreas como psicologia, sociologia, recursos humanos, administração, programação neolinguística. Não é feitiçaria, é arte e ciência.

Coaching, Coach, Coachee…

Coaching, em português é treinamento. Usado de forma comum no esporte, onde o atleta (Coachee) faz seu treinamento para melhorar sua performance. Este treinamento é guiado por um técnico ou treinador, o Coach.

O coachee é o cliente, o atleta, a pessoa que está no processo de coaching.

O Coach é o responsável por ajudar a intensificar as habilidades da pessoa. Através de um processo de feedback continuo, com perguntas e orientações. Neste processo a pessoa vai se conhecendo, descobrindo seus valores e crenças (mindsets) e resolvendo seus medos e impedimentos que não lhe deixam usar todo seu potencial.

De origem da palavra, em minhas buscas encontrei que a palavra tem origem da época medieval. Carruagens também eram conhecidas como COCHE ou COACHES. Famílias ricas, em longas viagens, levavam servos que liam para as crianças o que elas deveriam estudar durante a viagem. Dizia-se que as crianças foram “coached” – instruídas na carruagem.

Outra origem, o cocheiro, nome dado a quem cuidava e conduzia as carruagens, que conhecia as estradas e adestrava os cavalos.

Como funciona?

É uma parceria entre coach e coachee. O coach vai assessorar o cliente a identificar seus mindsets e bloqueios. Irá fazer o cliente ter consciência de como está a atual situação de sua vida e como ela pode melhorar. Vai auxiliar na identificação de sonhos e objetivos, transformando estes em metas. É a orientação para que o coachee faça o autoconhecimento.

Durante o processo, irá direcionar o coachee a realização dessas metas, reformulando suas crenças e desenvolvendo habilidades e competências para que ele atinja o máximo do seu potencial. Leva a pessoa a ter uma vida mais feliz e satisfatória.

Quais os tipos de coaching?

Há vários tipos de coaching. Entre eles os mais comuns:

  • Carreira: auxilia no planejamento e desenvolvimento da carreia atual ou mudanças de carreira.
  • Executivo/Business: proporciona a motivação para cumprir metas, desenvolve a liderança, trabalha a flexibilidade, o stress, condução de projetos, foco nos resultados da empresa, etc.
  • Vida: Trabalha o individuo. Suas relações pessoais, a superação de limites e traumas, habilidades de relacionamento, etc.
  • Outros tipos também estão se tornando comuns como Coaching Financeiro, Coaching de Liderança, Coaching de Saúde/Fitness, Coaching de Empreendedorismo, Coaching de educação de filhos ( quem aqui já viu super nanny?) e outros tantos.

Quem precisa?

Dizer quem precisa é difícil.  Mas algumas situações talvez podem indicar que a ajuda de um coach pode ser bem vinda para direcionar e melhorar os resultados.

Por exemplo: Se você quer mudar de carreira ou conquistar promoções. Caso queira abandonar vícios ou se preparar para correr uma maratona. Se quer desenvolver novas habilidades e superar limites. Se quer cuidar de forma mais eficiente e com melhor retorno de seu dinheiro. 

Perguntas do tipo: Será que posso liderar melhor e motivar mais minha equipe de vendas? Será que eu mesmo não posso superar minhas metas e me tornar o melhor vendedor da empresa? Não estou satisfeito neste emprego, não seria uma boa hora pra achar outro ou mudar totalmente de área? Meu dinheiro não pode render mais se eu melhorar as escolhas de meus investimentos? Meus filhos estão saindo do controle, como posso educar eles corretamente?

Você está precisando de um coach?

Algumas fontes utilizadas na pesquisa:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Coaching
http://www.ibccoaching.com.br/
http://abreucoachinginstitute.com/
http://www.fredgraef.com.br
http://www.vocevencedor.com.br/artigos/coaching
http://www.wannessalima.com.br/site/

* a arte de ilustrar seus próprios posts e depois tirar foto com o celular do desenho e aumentar o brilho.

Anúncios
coaching – que tal ter seu treinador?

3 comentários sobre “coaching – que tal ter seu treinador?

  1. Fala Parucker! Gostei muito do texto e da forma como você abordou.

    Um conceito que acho fundamental no coaching é o respeito com a pessoa com quem trabalhamos. O cliente é sempre um indivíduo inteligente que toma as melhores decisões possíveis. O papel do coach, assim, é em colaborar com perguntas que questionam os pontos fundamentais nesse processo de decisão, para que o cliente decida otimizar ainda mais as suas prioridades de forma harmônica.

    Um abraço forte e obrigado pelas referências!

    1. Grande mestre e coach Seiiti!
      Obrigado pela visita e comentário. As referências foram feitas por mérito não tem nada que agradecer.

      Voltando ao assunto, realmente, têm que ter o respeito pela pessoa, suas crenças e seu tempo de adaptação e mudança.

      O coach não vai ficar ditando regras e dizendo o que a pessoa vai fazer e como fazer.
      “Ah. Hoje você vai listar tuas metas. Vamos, escreve aqui nessa folha. Tem 10 minutos.”
      “Então é isto que você quer. Beleza. Amanhã você já vai estudar isto e isto. Sabendo isto, semana que vem já vai procurar emprego nesta área…” Hahah

      Pelo que entendi, através de técnicas, o coach vai fazer com que a pessoa descubra quais são seus desejos e criar meios da pessoa se motivar em adquirir ou despertar habilidades para chegar lá.
      A evolução o dependerá dos dois, da qualidade das técnicas e processo do coach e da vontade de mudar do cliente.

      Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s