Compartilhai-vos

sharebuttonsUma coisa que venho aprendendo é que compartilhar conhecimento é bom. Seja aqui no blog, seja um link no twitter, algo no trabalho, numa conversa de bar…

Transmitir informação pode simplesmente nos deixar feliz por agregar algo a outra pessoa. Até dá uma mexida no ego saber que você conhecia algo que o outro não. E algumas vezes compartilhar também pode levar discussões que nos trazem novos pontos de vista e novas ideias e por consequência mais conhecimento.

No ambiente profissional compartilhe seu conhecimento, o que você faz, suas rotinas e atividades. Quanto mais gente souber o que você faz mais chance tem de sair desta posição e crescer. Ser o “especialista”, o único conhecedor de determinada atividade só vai fazer que você fique onde está. Empresas não abrem mão de “especialistas”. Se não tem ninguém na empresa que conheça seu trabalho e que pode exercer sua atividade eles não irão te tirar dela para realizar novas atividades. Pelo menos é isto que tenho observado na área de TI.

Como já disse @seiitiarata: “Compartilhar é uma arte.” Quando é em excesso ou na hora errada, pode não ser muito bem aceito, ou simplesmente ignorado. Mas quando colocamos isso como prática de nossa vida, é natural que as pessoas que recebem queiram retribuir, que elas criem uma imagem cada vez melhor a seu respeito, e isso gera contexto para uma série de troca de valor.”

Só não tome por base a retribuição. “Ah, ela não compartilhou nada comigo nunca! não vou mais falar nada pra ela”. Compartilhe porque gosta e porque quer agregar valor e não esperando que os outros também lhe tragam informações e conhecimento.

Indo no embalo compartilho aqui um perfil que gosto de seguir no twitter: @ManagementTip – “Quick, practical management tips and ideas from Harvard Business Review”

E ai? Quer compartilhar algo nos comentários?

Anúncios
Compartilhai-vos

3 comentários sobre “Compartilhai-vos

  1. Muitas empresas ainda precisam entender sobre isso, principalmente quando falamos de processos internos. E ainda há muito mercado para atender essa demana. Só acho que ainda está para nascer uma ferramenta que seja realmente prática no sentido de compartilhar as informações. Blog, Twitter, Wiki, enfim, há muitos meios, mas acho que nenhum deles ainda atende a verdadeira demanda pois a grande questão é: como achar um conteúdo similar se você escolhe palavras diferentes daquelas usadas no texto para fazer a busca?

    1. Ae Rafael, blz?

      Realmente uma ferramenta que consiga consolidar informações e compartilhar de forma fácil e que se consulte de forma rápida acho que ainda não existe. Desconheço pelo menos.
      Eu mesmo. Tenho informação em tudo quanto é lado. Estou numa constante luta pra centralizar tudo e conseguir achar o que preciso quando preciso e em tempo hábil.

      O intuito que quiz comentar aqui é compartilhar o que você faz e seu conhecimento, nem que seja no boca a boca. Chama alguém pra fazer um pair programming ou só sentar do lado e ver como faz tal atividade. Para o dia que surgir um projeto novo ou uma outra vaga interna, você tenha condições de dizer que tal pessoa sabe o que você faz e que ela poderia ficar no seu lugar pra você ir pra este novo desafio.

      Abraço!

      * tava na correria não tive muito tempo pra responder aqui po r isso só agora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s