iphone or millionaire?

Clica que engrandalhece no site original.

Clica que engrandalhece no site original. Tem que ler antes. Vai lá. Eu espero!

Quantas vezes não fazemos isso na vida hein?

Quantas vezes o que temos já nos atende perfeitamente mas mesmo assim trocamos por um mais novo, por um maior, por um mais caro.

É um iphone, (ou algum android pra quem queira), um notebook novo, um carro mais novo ou de outra categoria, uma casa maior… a lista é sem fim.

Junto a isto lá vem seguro mais caro, ipva maior, iptu mais caro, mensalidade do 3g, mais coisa pra limpar, etc.

É legal ter acesso 3g em qualquer lugar. Sim. Eu tenho e posso dizer que é legal. Preciso pra viver? Não.

É legal ter um iphone? Não sei. Não tenho. Dizem que é. E uma casa maior? Ter espaço para guardar mais coisas, fazer festas e etc? Um carro grande, potente, com cheiro de novo?

E não é só o lado financeiro. Economizar é importante claro. Com o dinheiro economizado você pode investir para garantir a aposentadoria ou usar para viajar, realizar algum sonho que tenha. etc.

Mas… você realmente precisa disso tudo? É feliz com isto?

Eu já fiz muito disso e não estava contente. Ultimamente tenho revisitado meus conceitos. Mudado algumas coisas. Essa presepada de minimalismo e desapego tem sido divertida e gratificante.

“Existem milhares e milhares de pessoas vivendo em desespero gritante mas silencioso trabalhando duramente muitas horas em empregos que odeiam para comprar coisas que não precisam para impressionar pessoas de quem não gostam.”

Responda as duas perguntas que fiz 2 parágrafos acima. Comenta ai o que você pensa disto.

Inspirado quando li isto aqui: Ah, não ter nada!

Anúncios
iphone or millionaire?

4 comentários sobre “iphone or millionaire?

  1. Leandro Morais disse:

    A questão não é a escolha em si, mas sim saber dar valor ao que realmente vai agregar algo para você. E estas coisas são amigos e principalmente família. Para isto você não precisa de bens materiais, e as melhores e mais gratificantes experiências são aquelas onde você está com pessoas importantes, seja rindo de algumas lembranças, jogando, ou o que seja. Dinheiro está ai apenas para status, mas está muito longe de felicidade. Sei disso porque já gastei mais do que tinha em busca de status. No final, tudo que eu percebi que é que a felicidade sempre esteve aos meus pés, e nunca me cobrou um centavo. E se eu morrer guardando dinheiro? Vou morrer feliz, sabendo que tornei a vida de outros mais felizes, dando a eles atenção e carinho, coisa que o dinheiro não compra.

  2. Gio disse:

    Escolhas, a vida é feita de escolhas, e não existe escolha certa ou errada, existe escolhas diferentes, que levam a caminhos diferentes. Você supõe no seu post que guardar o dinheiro e curtir a vida na melhor idade seja o caminho para maior felicidade… mas, se você morrer antes disso?

    1. Olá Gio!
      Obrigado pela participação.
      Vamos lá… Sim. Vida é feita de escolhas. Certo ou errado! Sempre escolhemos e estamos em constante aprendizado.
      Não fui talvez bem claro na idéia do artigo. O artigo não é sobre guardar dinheiro para a aposentadoria. Não é nem sobre guardar dinheiro.
      O artigo é sobre “fazer” e “ter” o que realmente te deixa feliz. Refletir sobre o que realmente importa pra gente. Independente se agora ou no futuro.

      Acho importante nos preocuparmos com a aposentadoria já que o INSS não é lá grandes coisas ainda. E eu realmente não espero morrer cedo.
      Usando o exemplo do iphone: será que o celular que tenho já não faz tudo que eu preciso? Será que preciso mesmo trocar por um iphone?
      Se a pessoa vai ser feliz curtindo um iphone novo. Excelente.
      Se não, também não precisa economizar o dinheiro. Junte mais um pouco e utilize para fazer uma viagem com a familia por exemplo.
      Ir ao show de sua banda preferida. Sei la.

      Estar feliz é o que importante.

  3. Concordo. As pessoas compram coisas que não precisam para passar às outras uma falsa imagem de alguém que elas não são na verdade (muitas vezes, nem queria ser, mas é uma questão de status). E com certeza status não deixa ninguém mais feliz. A felicidade é o caminho, não o destino. Quem delega às coisas materiais o fardo de sua felicidade, nunca será feliz por completo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s